Quero Sal…

…em tudo, um pouco!

Enfermeira, uma colher por favor 2 de agosto de 2010

Filed under: EUA — ... @ 23:35

Humor do dia: Nao sei. Censura: So para quem nao tem nojo.

OBS – Este computador nao tem sinais graficos, entao me desculpe. Fotos, ainda nao pois este pc nao e meu

 

Pronto, estou salva. Peguei meu primeiro aviao, foram 16h30 de voo bem complicadas. O primeiro voo, com 10 horas, me pegou de surpresa. Foi so levantar voo, que comecei a me sentir mal. Fiz de tudo para relaxar, veio o jantar, e claro, nada vegetariano. Como estava com muita fome, pedi o prato com franco. Dei uma garfada e nao consegui mais comer de tao horrivel.

Bom, mas antes disso eu paguei meu primeiro mico, fui pedir para a aeromoca um garfo e acabei chamando-a de enfermeira (em ingles). Ela riu muito de mim, mas foi simpatica. Bom, ai meu estomago estava muito mal. No fim das longas 10 hroas, consegui ir ao banheiro, mas so de andar dentro do aviao meu estomago piorou. Logo, quando eu voltei logico que vomitei ne..Foi horrivel..

Depois, 3 horas de espera em Chicago (estava uma chuva). Encontrei um brasileiro que me ajudou a despachar minha mala de novo e me ajudou tambem a entrar no metro interno do aeroporto. (meu deus, o aerporto de Chicago e muito grande). Alias, eu agora sei reconhecer um brasileiro de lonte.

Segundo aviao, mais 6 horas de voo. Passei mal de novo, entao resolvi nao comer mais nada dentro do aviao. Parei em Denver (Colorado), e eu achei que perdi a outra conexao, isto porque esqueci de atrasar meu relogio, mas logo perguntei para um americano alto e bem loiro. (Acho que nao gosto de loiros). Pedi informacoa sobre minha conexao no balcao de informacoes e nao entendi nada, ai eu pedi para ela escrever num papel, o que me facilitou a vida.

Ultimo voo,  meu deus, passei mal, mas nao vomitei. Porem, novamente chamei a aeromoca de enfermeira.

Meu destino final, aeroporto de Sao Jose. Que aeroporto engracado, bem pequeno. Eu pensei que tinha perdido minha mala, entao fui ate o balcao da companhia aeria (United Arlines), a americana que me atendeu era super brava e fiquei com medo dela (risos)

Bom, tenho mais coisas para contar, mas estou com um computador estranho, entao nao tenho como caprichar, mas prometo que lgoo isto aquie estara legal

Obrigada pelo apoio

 

One Response to “Enfermeira, uma colher por favor”

  1. Ana Flavia Blanco Says:

    hahahaha vc é engraçada até nos states!
    então o pesadelo da mala continuou? tanto temeu perdê-la que ela sumiu.. e apareçou.. ainda bem!! hhehe
    Já que vc disse que os americanos aí são todos gordinhos, ngm ia fazer bom proveito dos seus jeans e biquines, ainda bem que eles voltaram pra vc! ehhehehe

    conte mais!!
    Beijinhos


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s