Quero Sal…

…em tudo, um pouco!

Fui para o céu – San Francisco 16 de agosto de 2010

Filed under: EUA,Músicas,Vida — ... @ 23:35

Humor do dia: Com esperança

Sai de Gilroy às 18 horas, o sol brilhava intensamente no céu azul, como a fase de 1901 à 1905 do pintor Pablo Picasso ! Olhava a direita montanha, a esquerda mais ainda. Então antes de chegar em San Francisco (CA – EUA), vi o paraíso! Nuvens e não mais o azul, pensei em abrir a porta do carro para pisar nas nuvens, quando o sol brilhou como ouro e promoveu o espetáculo! Formou-se um tipo de arco íris no branco das nuvens e o vento as fazia girar como um carousel.

Senti que pela primeira vez nos EUA, abri um sorriso e então cantei “If you’re going to San Francisco, be sure to wear some flowers in your hair”, bye Scott Mackenzie. Cantei sozinha, na minha mente, pensei ter visto Deus entre as nuvens. Queria parar o carro, mas não podia, queria gritar, mas não podia.

Sorri no coração e me senti com esperança! Em poucos minutos conheci, andei, passei, e ai então gritei “Uhuuuuuuuuuu”, pois estava na ponte Golden Gate Bridge. “Oh my God”. É a construção mais linda que já vi, me senti tão pequena diante de tanta água, ao lado dos carros, do frio, do mundo!

Então parei para tirar fotos. Ninguém pode parar na ponte, mas há um ponto turístico para isto. Foi Lindo e mais uma vez encontrei japoneses filmando e gravando tudo! E indianos…Todos admirados de ver tanta água e acredito que todos se sentiram pequenos, igual a uma estrela no céu, intocável mas fundamental para a felicidade do próximo.

Depois senti-me em uma gravação de algum fime com a Angelina Julie (não sei o motivo), me imaginei com um carro correndo, gravando, uma ação. Em seguida peguei um caminho para chegar em Pier 39, local onde os marinheiros ficam, aqueles barcos parados um ao lado do outro, parece mentira. E alguns com luzes on, pois as pessoas dormem e moram nos barcos! Um céu de barcos naquelas águas frias. Em todo a Pier há “casas de peixes” e restaurantes e cerca de 100 tipos de lojas de diversos produtos e comidas. Não comprei nada, estava sem dinheiro.

Aliás, para sair da Golden Gate Bridge paga-se 6 dólares. E para estacionar perto da Pier 39, 7 dólares – muito dinheiro! Mas valeu a pena. Encontrei uma loja de cartões postais, comprei 4, pois acho romantico. Mandarei para minha mãe.

No centro de San Francisco, pode-se encontrar lojas abertas, seja a hora que for, como diz a música já citada, “In the streets of San Francisco, gentle people with flowers in the hair”.

O lado ruim

Esta cidade é uma lição, aonde tudo é lindo, existe sim um lado ruim! Sem tetos. Muitos sem tetos em San Francisco. Pessoas sem casa, sem comida, sem ter roupas limpas. Morando entre a riqueza, entre a cidade mais cara da Califórnia.

As casas me pareceu São Paulo (SP – BR), uma coladinha a outra, sem muito espaço, ou grandes prédios escuros, cinzas. Não sei o motivo, mas a cidade é muito escura. O trânsito é caótico, carros perdidos, parados e nervosos. Os ônibus são movidos a eletrecidade, por isto nas ruas tem algo parecido com trilhos de ferro e ao alto, como se fossem postes, há vários fios, então senti uma grande bagunça.

Mas é San Francisco. Quem mora aqui, não mora pela bagunça, nem pelas ruas erradas, e sim pelo sonho! Se vale a pena não sei, mas sentir-se perto de Deus é bom..Nem que seja uma vez na vida. Estou apaixonada por São Francisco.

FOTO: A foto está escura e pessoa que tirou era fraca.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s